Criando scripts greasemonkey com Coffee Script

Dei uma bela estudada hoje sobre o Coffee Script, e fazendo alguns testes eu fiz uma espécie de esqueleto para criação de scripts GreaseMonkey. Segue o snippet que eu criei no TextMate:

O segredo é ter essa função encapsulada dentro de um bloco executável para que o Coffee não coloque variáveis acima dos comentários (que são obrigatórios para o caso do GreaseMonkey). Dessa forma funciona perfeitamente, mas lembrando que o script deve ser compilado com a opção --no-wrap, caso contrário será criado um escopo inicial que ficará acima dos comentários.

Published: March 28 2010

  • category:
  • tags: